*Adm. Luiz Fernando Bastos

Tenho dito nos eventos e artigos que vivemos um momento de oportunidades. Realmente ele está presente, mas por vezes oculto, e outros em nebulosas notícias pessimistas. Para tudo teremos que ter atenção.

Nestes últimos dias, as notícias são do PIB crescendo abaixo da média, da dificuldade em se aprovar as reformas e dos cortes no orçamento. Não vou comentar as notícias, mas gostaria que fizessem uma reflexão:

Podemos, mesmo se o cenário for 100% negativo, baixar a guarda e parar de trabalhar? Não sendo esta uma opção, o que nos resta, sem dúvidas, é o trabalho e as oportunidades que existem, no cenário positivo ou negativo. Estas oportunidades, acredite, não são poucas.

A Indústria 4.0 está trazendo para os nossos meios de negócios inúmeras novidades que reduzirão custos, aferirão grande qualidade aos produtos e serviços e atenderão às expectativas de clientes cada vez mais conectados e exigentes. Conhecer as novidades, adaptá-las aos modelos de negócios existentes hoje, agir como um filtro de transição, adaptação e conquista de novos mercados é no curto prazo um grande desafio.

Voltamos a um ciclo positivo na área do Petróleo, com a venda dos blocos do pré-sal, com duração entre 20 e 30 anos, visto o processo que estamos sofrendo mundialmente de mudanças nas matrizes energéticas. Para o modelo atual no Brasil e para a tradução do modelo novo que está se instalando no mundo, quem deverão ser os profissionais qualificados, líderes e protagonistas?

Posso continuar digitando aqui várias oportunidades que se apresentam no dia a dia, na contramão das notícias mais pessimistas do mercado.

Como disse no título, a diferença não está na notícia, mas na nossa postura.

Atue com disposição e seja dono de seu destino. Muito do que se precisa para vencer estes desafios já está dentro de você. Leia mais, converse mais, busque a informação. Faça novos contatos, construa novas alianças.

No começo, o desconhecido nos amedronta. Uma vez dados os primeiros passos, vemos que poderíamos ter começado antes. Vamos nos superar e levar os nossos pares e colaboradores conosco.

*Adm. Luiz Fernando Bastos é diretor da Ágil Consultoria e Treinamento e professor na FGV