O século XXI não se permite comparar com o século passado, pois houve uma completa mudança na sociedade como um todo. Novos pensamentos, comportamentos, evolução nas pesquisas científicas e um grande avanço na tecnologia, principalmente em Tecnologia da Informação, só para citar algumas.

As formas de liderança também se modificaram ao longo do tempo. Antes do início da pandemia o mundo já se apresentava instável, sendo em alguns lugares mais do que em outros. Nesse contexto, o papel do líder era, principalmente, de apontar para a equipe, o melhor caminho a ser seguido. Naquela época, ainda se confundia liderança com chefia, pois a equipe seguia o chefe ou líder, simplesmente, por obediência e não por consciência.

Atualmente, a pandemia tornou a mudar tudo de novo, principalmente, com novos hábitos e comportamentos, onde as pessoas tanto pessoal quanto profissionalmente passaram a ter consciência e importância do papel de cada um para com o outro, seja como indivíduo, seja como sociedade.

Para concluir, nesse momento, ficou mais fácil desenvolver a liderança, pois as pessoas estão mais conscientes de suas responsabilidades, bem informadas e altruístas. Isso faz com que ao seguir o líder, elas o fazem por entender ser o melhor a ser feito para a equipe, para um conjunto de equipes ou para toda a sociedade.

Hoje, descobrimos valores que já existiam, mas não eram percebidos ou somente por alguns os viam. O ano de 2020 está sendo muito diferente dos anos anteriores, com muitas mudanças nesses quatro meses, que vão marcar individualmente e coletivamente, proporcionando o surgimento de novos líderes.